sábado, 11 de novembro de 2017

Passarinhar Ouro Preto - Tangara cyanoventris

Tangara cyanoventris - A saíra-dourada ou douradinha fotografada em seu habitat preferido, as regiões montanhosas.
Nome Científico Seu nome científico significa: Tangará do (tupi) ata = andar; e carã = em volta; e do (grego) kuanos = azul e venter, ventris = ventre, barriga; - (dançarino de barriga azul). Características A beleza deste pássaro está em sua estampa multicolorida. Possui a cabeça amarela, a fronte e a garganta negras, o peito azul (quase em tom piscina), o dorso estriado de preto e amarelo e a borda das rêmiges (penas implantadas na ponta da asa) e retrizes (penas da cauda, que orientam o voo das aves), ambas verdes. Alimenta-se de pequenos frutos, atuando como dispersora de sementes.

Tangara cyanoventris - A saíra-dourada ou douradinha - Foto: Ronald Péret



Localidade: Ouro Preto - Minas Gerais - Brasil Local da Câmera: Latitude 20° 23' 12.954" S Longitude: 43° 34' 52.728" W - Altitude :1350,10 m - 10/11/2017 – 14:16:28 Nome Científico Tangara cyanoventris (Vieillot, 1819) Nome em Inglês Gilt-edged Tanager

 ____DICA PARA INICIANTES_ Optei pelo programa de velocidade do obturador (S), para manter uma qualidade da imagem mesmo o passarinho movendo, 1/125 seg; f/6,3; ISO 640 - uma maior velocidade 1/250 seria melhor, mas terei que aumentar o ISO ou diminuir a abertura (impossível neste zoom 184,3 mm na lente 4.3-215.0 mm f/2.8-6.3 da Sony DSC-HX400V) File original: 5184 × 3456 Name: DSC08691_Tangara_cyanoventris_10_11_2017_ronaldperet_op


Casal de Tangara cyanoventris - Localidade de Botafogo em Ouro Preto



Tangara cyanoventris - Um casal* saíra-dourada ou douradinha Elas adoram regiões montanhosas, mas somente foram vistas e fotografadas em MG, SP, RJ, ES e BA. *Esta especie não possuem dimorfismo sexual Em biologia, o dimorfismo sexual é considerado quando há ocorrência de indivíduos do sexo masculino e feminino de uma espécie com características físicas não sexuais marcadamente diferentes. No caso das aves a coloração das penas é muito diferenciada em muitas espécies.

Passarinhar em Ouro Preto - Athene cunicularia


A coruja-buraqueira (Athene cunicularia) - Campus Ouro Preto - IFMG. 


A coruja-buraqueira (Athene cunicularia, anteriormente Speotyto cunicularia) - 09/11/2017 - Campus Ouro Preto - IFMG. Nome Científico Seu nome científico significa: do (grego) Athene = divindade grega Atena; e do (latim) cunicularius, cuniculus = mina, mineiro, túnel, passagem subterrânea. ⇒ Coruja mineira ou coruja que cava túneis.


Dados GPS: Latitude 20° 23' 44.442" S Longitude 43° 30' 10.446" W Altitude: 1176,20 m Direção do receptor 354,07° (direção real) Dados da câmera: Sony DSC-HX400V Exposição: Manual; Medição de padrão 1/100 seg; f/8; ISO 320 214,7 mm (4.3-215.0 mm f/2.8-6.3) 18:16:33 Fotos: Ronald Péret (Licenciatura em Geografia - IFMG) - _ foto: Alongamento de uma "mineradora" no telhado do prédio de Mineração do Campus Ouro Preto - IFMG.




Sempre com Eu “Ouro Preto” no coração.

sábado, 28 de outubro de 2017

Ouro Preto oferece a emoção de viajar no tempo



Ouro Preto - Fotografia de Ronald Péret


Ouro Preto oferece a emoção de viajar no tempo, esta cidade conseguiu preservar ao longo dos anos sua arquitetura diferençada, que combina estilos e épocas, mas conservando muito da aparência do século XVIII.

 #OuroPreto #MinasGerais #Brasil #Brazil #Fotografia #Photos Fotografia: Ronald Péret

domingo, 10 de setembro de 2017

Vista de Ouro Preto - quebra-cabeça -puzzle



Um quebra-cabeça de Ouro Preto para montar online. http://bit.ly/2xUrPyY Foto e criação de Ronald Peret

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Ouro Preto para quebrar a cabeça

Quer tentar/ divertir. Link para divertir


O olhar fotográfico de Ronald Péret  virando um quebra-cabeça de Ouro Preto 


Divertindo com foto de Ouro Preto

Para quem gosta de montar quebra-cabeça - uma foto de Ouro Preto. Aqui esta o link para divertir com esta imagem. o link é este http://bit.ly/2gPGSa2


Uma imagem capturada pelo fotógrafo Ronald Péret,  virando um quebra-cabeça de Ouro Preto  

quinta-feira, 30 de março de 2017

domingo, 19 de março de 2017

130 mil visitantes




Estamos chegando 130 mil visitantes
Ouro Preto em 1881 

terça-feira, 14 de março de 2017

Procissão de Páscoa 1956


Autor: Jablonsky, Tibor Título: Procissão de Páscoa : Município de Ouro Preto Ano: 1956

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

sábado, 21 de janeiro de 2017

A Praça em 1967

Até parece um encontro de carros antigos na Praça Tiradentes.  

ID: 16214
Código de Localidade: 314610
Tipo de material: cd-rom
Autor: Pinto, Dulce Maria Alcides; Sousa, José Joaquim de
Título: Vista do Museu dos Inconfidentes, vendo-se a Igreja Nossa Senhora do Carmo (MG)
Local: [S. l.]
Ano: 1967
Descrição física: 1fot.: neg., p&b
Série: Acervo dos trabalhos geográficos de campo
Notas: Negativo 12774.Link da imagem: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/fotografias/GEBIS%20-%20RJ/MG16214.jpg
Assuntos: 
Igrejas (Edifícios); Minas Gerais; Museu da Inconfidência; Ouro Preto (MG)

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Imagens de Ouro Preto

Interior da Casa da Ópera e Igreja de São Francisco de Assis - Fotos: Ronald Peret

domingo, 15 de janeiro de 2017

O que é que Ouro Preto tem?


Minha saudosa mãe recitando uma poesia para meu sobrinho Felipe.

O que é que Ouro Preto tem?

Tem montanhas e luar;
Tem burrinhos, pombos brancos;
Nuvens vermelhas pelo ar;
Tem procissões nas ladeiras
Com dois sinos a tocar;
Opas de todas as cores
Anjinhos a caminhar...
Tem Rosário, São Francisco
Santa Efigênia, Pilar...
Tem altares e oratórios
Cadeirinhas de arruar.
Tem casas de doze janelas,
Estudantes a cantar...
Tem saudades e fantasmas
Ouro por todo lugar.
Tem santos de pedra- sabão
Calçadas de escorregar,
E ali, na Rua das Flores,
Na varandinha do bar,
Tem a figura risonha
Do grande pintor Guignard
Que Deus botou neste mundo
Para Ouro Preto pintar.
Cecília Meireles



Este vídeo foi capturado pela câmera de um celular em 2002, o tamanho original era de 160 x 112 pixels, muito pequeno para postar, tive que amplia-lo, reduzindo mais a qualidade, mas como para mim, o som da voz da minha mãe é o importante, junte tudo ao fato dela ter tido algumas com Guignard, e amava muito Ouro Preto... como muitos de nós.

Ouro Preto por Tibor Jablonsky

Ouro Preto por Tibor Jablonsky


Título: Cidade de Ouro Preto (MG)  Ano: 1954

Os fundos das casas da Rua São José no Centro Histórico.



Bairro do Antonio Dias

Bairro da Agua Limpa


O fotógrafo húngaro Tibor Jablonsky, esteve em Ouro Preto em uma expedição geográfica nos anos 50, esta seleção de imagens mostra uma Ouro Preto, que os geógrafos portugueses, a chamavam de "A cidade mais portuguesa do mundo!". Imagens selecionadas foram escolhidas entre tantas foram de vistas da cidade, que sofreram grandes mudanças urbanas e geográficas 





Estas imagens pertencem a acervos particulares do I B G E. 

sábado, 14 de janeiro de 2017

A cidade mais portuguesa do Mundo no olhar de um Húngaro













O fotógrafo húngaro Tibor Jablonsky, esteve em Ouro Preto em uma expedição geográfica nos anos 30, esta seleção de imagens mostra uma Ouro Preto, que os geógrafos portugueses, a chamavam de "A cidade mais portuguesa do mundo!". 

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Da Viragem em sépia a colorida


A viragem* em sépia desta fotografia, tem um encanto especial de sabor antigo 

e a colorida é deslumbrante de vida, transformando tudo ao seu redor.  

Duas versões fotográficas da famosa Igreja de São Francisco de Assis -
Fotografia e edição de Ronald Peret.


* O termo viragem se refere a um processo químico sofrido pelo material fotográfico, que depois de devidamente revelado, fixado e lavado, pode ser submetido a um novo processamento químico, que normalmente gerará uma cópia mais resistente ao tempo. A tonalidade sépia, em geral, é obtido pela presença de enxofre na composição dos químicos reagentes. Porém este efeito pode ser conseguido de maneira mais simples, como passando o papel fotográfico em café ou até chá preto, sem que isto aumente sua vida util.